sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Pose para foto

Início de ano, época em que boa parte das pessoas está de férias, ou pelo menos aproveitou para viajar durante a passagem de ano. E como morador de uma cidade turística como o Rio de Janeiro, tenho presenciado em meu dia-a-dia muita gente de fora, passeando por aí e conhecendo cartões postais como o Corcovado e o Pão de Açúcar.

Um desses dias, estava eu no metrô voltando para casa depois de mais um exaustivo e estressante dia de trabalho. Por sorte, havia conseguido sentar na janela, evitando assim ser bolinado pela multidão mal educada que frequenta esse caótico meio de transporte. O trem estava parado em uma estação, quando percebi na outra plataforma um grupo grande, parecia ser uma família vinda de fora do Rio. Então vi que um garoto, devia ter seus 15 anos, entregou sua câmera para uma garota, para que tirasse uma foto dele...

Até aí, você pode achar que não tem nada demais. Mas o que me chamou a atenção foi esse ato de tirar essa foto. Como 99% das pessoas que tem uma câmera, o babaquinha se posicionou na plataforma, com o trem (onde eu estava) atrás dele, e simplesmente ficou ali parado que nem uma placa de trânsito para posar para a foto. Assim, todo paradão, estático como um Playmobil, tendo o metrô ao fundo...


Sério, achei muito escroto! Pra que fazer essa pose absurda para tirar a foto? O sujeito parecia um débil mental, parado que nem uma mula! Cacete, quer tirar uma foto do metrô, não precisa ficar ali plantado como uma árvore, para compor a paisagem.

Como de costume, fiquei encucado com essa questão e comecei a fazer uma pesquisa... Comecei a olhar no Facebook os álbuns de meus amigos, olhei blogs a esmo na Internet, e em todos esses lugares eu encontrava fotos parecidas: podia ser uma paisagem, um prédio histórico, uma placa, um veículo, qualquer coisa de interesse que motivou a foto, e sempre estava lá a pessoa parada na frente.

Cada foto mais estúpida que a outra! Pior que isso só aquelas fotos tiradas pela própria pessoa. Pegue a total falta de habilidade com uma câmera e some com o limitado comprimento do braço humano, e tem-se uma foto totalmente torta, onde mal se consegue ver a paisagem no fundo pois 3/4 da imagem é ocupada por um close da cara do infeliz, capaz de se ver os poros da face e as melecas amontoadas no fundo do nariz da pessoa...


Sabe por que as pessoas tiram fotos assim? Parece que é para provar que elas estavam em um determinado lugar. Acham que se tirarem só a foto da paisagem as pessoas vão pensar que não estavam ali. Fala sério! Pombas, já vieram me falar isso de minhas fotos, coisas do tipo "ah, como provar que você esteve nesse lugar?"... Vai tomar no rabo, que se dane, e não acredita que estive no lugar da foto, que se exploda! Eu sei que estive, isso que importa.

Eu por exemplo não gosto de aparecer nas minhas fotos, pelas seguintes razões:

1 - Primeiramente, eu prefiro mais fotos focadas no objeto de interesse. Se vejo uma paisagem bonita, vou querer registrá-la com o maior destaque possível. Aparecendo minha pessoa na foto, perde-se o foco e o motivo da foto.

2 - Sou extremamente chato com as minhas coisas, e odeio que as pessoas mexam nelas, pois sempre acabam quebrando, sujando ou estragando. Isso inclui minha câmera. Antes de arrumar a minha digital, tinha uma de filme normal, que as pessoas destruíram: era dedo engordurado na lente, apertavam o botão com força desnecessária e uma vez deixaram cair no chão. Então, para evitar maiores riscos, eu tiro as fotos e não deixo ninguém tocar na minha máquina! Egoísmo? Não acho, pois se fuderem minha câmera, sou eu quem vou ficar no prejuízo...

3 - Todos os dias, quando acordo, eu vejo a minha cara no espelho. Pra quê preciso ficar registrando minha cara? Melhor dar mais destaque na foto para aquele lugar que conheci nas minhas férias e provavelmente não voltarei a visitar tão em breve.

4 - Eu sou um texugo feio pra caralho! Tirar minha foto é um sério risco de queimar o filme ou rachar a lente da câmera!

Uma coisa é quando se tem uma situação onde o foco são as pessoas presentes, aí eu não vejo nada demais nelas aparecerem. É o caso do aniversariante soprando as velas, o casal dizendo "sim", os amigos do trabalho comemorando alguma coisa... Aí tudo bem. Mas quando o foco é uma paisagem, um monumento, coisas do gênero, não há necessidade de aparecer. Fica muito escroto, pouco original e sem sentido, estragando a foto.

A não ser que você seja como ela... Aí pode aparecer na frente da paisagem...



Nenhum comentário: