sábado, 28 de janeiro de 2012

Looney Tunes x Tiny Toons

Sabe, eu achei bem legal aquela postagem que fiz no passado sobre a disputa para ver quem era o melhor mágico. Tudo bem que ela acabou se desvirtuando para um caminho de babar pelas assistentes do Mister M e para levantar suspeitas em relação à sexualidade do Mandrake, sempre acompanhado pelo Lothar, o Gigante de Ébano, andando por aí semi-nú e com um chapéu escroto. Mas foi uma iniciativa interessante de fazer essas disputas, e decidi voltar para mais uma rodada. E dessa vez o tema é desenho animado, trazendo as criaturas mais loucas que já passaram pelas telinhas.

Sempre gostei dos Looney Tunes. Desde criança, quando via nas manhãs de sábado as aventuras do Pernalonga, Patolino, Frajola e do Coiote principalmente, que vem alegrando gerações ao longo de décadas. E até hoje me divirto com eles, é um desenho bem legal, distrai bastante e traz boas gargalhadas, mesmo que você já saiba de cor e salteado tudo que vai acontecer. Prefiro muito mais ver esses desenhos do que certas diarréias televisivas que passam hoje...

Do outro lado do ringue, estão as suas crias mais novas, os Tiny Toons. Embora certamente não sejam tão famosos e longevos como Pernalonga e sua turma, os Tiny Toons também eram bem legais de se ver, com uma idéia bem curiosa de mostrar versões mais infantis dos Looney Tunes, trazendo as vezes alguns temas mais da atualidade: enquanto os originais eram focados em um mundo quase que isolado, em Tiny Toons era comum ver diversas referências recentes, seja de personalidades de Hollywood ou de acontecimentos modernos.

Bom, considerando que existe um certo grau de "parentesco" entre os Looney Tunes e os Tiny Toons, decidi então fazer uma pequena disputa entre seus personagens, vendo a cada um dos pares qual das versões é a mais legal. Vamos então ao combate!

Pernalonga x Perninha

Por mais que o Pernalonga não fosse um de meus favoritos dos Looney Tunes, acredito que ele dá uma rasteira (com trocadilho, por favor) no Perninha. O coelhinho azul bem que tenta se igualar ao seu mestre mas não tem o mesmo ar de graça que o Pernalonga tem ao sacanear o Patolino ou o Hortelino, enquanto que o Perninha é apenas um Bart Simpson orelhudo. E afinal de contas, o personagem principal dificilmente perde, né?


Lola Bunny x Lilica

Aqui é curioso notar o seguinte: Lola Bunny surgiu depois de Lilica, naquele filme do Space Jam, que trazia Michael Jordan tentando reerguer sua carreira, atuando ao lado de personagens de desenho animado e do Newman do Seinfeld. Mas por não existir uma contra-parte da coelhinha rosa nos desenhos originais, vamos como Lola mesmo. E acho ela exagerada, muito sensualizada, acho que não combina... Lilica por sua vez tem toda a loucura digna de uma Looney Tune até, sempre trazendo tiradas engraçadas. Mal começamos e já estamos empatados.


Patolino x Plucky Duck

Páreo duro aqui... Plucky Ducky é muito engraçado, sempre rendeu boas histórias, inclusive aquelas em que ele aparecia como um bebê. Você se lembra daquele desenho que ele jogava as coisas na privada?

A fralda desce pelo buraco...

Mas o Patolino não fica atrás. Era o anti-herói, o que sempre quebrava a cara (ou melhor, o bico) às custas do Pernalonga, e o ar dele de se achar o máximo e sempre se dar mal era hilário. Sem falar de seus vários personagens, como Duck Dodgers, no Século 24 1/2, quase sempre contracenando com o Gaguinho... Difícil decidir, acho mais justo ir pelo empate aqui. 2 a 2.


Gaguinho x Presuntinho

Sempre achei o Presuntinho meio enjoado... Sei lá, ele era o certinho da turma, todo comportado e tentando ao máximo tirar o Plucky de problemas. Embora o Gaguinho não era pra mim tão espetacular, ele tinha alguns desenhos legais. Sou mais fã das versões mais antigas dele, em que ele era um porquinho todo gordinho, parecia uma bola! E o seu patenteado "É isso aí, pe-pessoal!" garante mais um ponto para os Looney Tunes.


Frajola x Frajuto

Outro Tiny Toon que podia ser um pouco melhor. Frajuto chega a ser até meigo e muito engraçadinho de se ver, com aquele ar de "gato abandonado largado na rua". Até não desgosto dele, mas competir com o Frajola é covardia. Ele sempre se dava mal, tentando perseguir o Piu-Piu. Tinham aqueles episódios hilariantes, em que haviam aqueles 483 buldogues que enchiam ele de porrada. Frajola é ídolo, indiscutivelmente o vencedor.


Taz x Rói Corrói

Sério, Rói Corrói? Não podiam inventar um nome mais legal para o bichinho doido? Aqui eu confesso que fica difícil, pois o Taz que eu gosto é aquele dos desenhos originais, com a cara mais carrancuda, mas ele parece ter sido deixado de lado, dando lugar àquela versão mais moderna, em que ele aparece com a família. E o Rói Corrói tem um chapéuzinho de hélice, ponto pra ele!


Eufrasino x Valentino Troca-Tapa

Sempre tem aquele personagem que é o "inimigo", que persegue os outros. Nos Tiny Toons, era o Valentino Troca-Tapa, todo estourado e revoltado, sem dúvida dava para dar uma boas gargalhadas. Mas o Eufrasino era mais estourado e revoltado, sempre se emputecendo com o Pernalonga. Sem falar que o pobre coitado sempre se dava mal com os canhões, hilário! Só por aqueles clássicos episódios de pirata, da Legião Estrangeira ou da guerra Norte x Sul coloca o barbudo na frente.


Hortelino x Felícia

O Hortelino na minha opinião era apenas uma cópia mais humana do Gaguinho, que aqui no Brasil pareceu que pegou o problema de fala do Cebolinha, falando de maneira engraçada (quem não se lembro "vou te pegar, seu coelo!"). Mas a Felícia é muito mais engraçada, a personalidade maluca dela, de adorar os animais tanto a ponto de abraçar, esmagar e quebrar seus ossos é fenomenal. Tanto que ela depois acabou protagonizando um desenho com o Pinky e o Cerébro. Está 5 x 4 por enquanto, para os Looney Tunes...


Pepe Le Pew x Fifi

Aqueles desenhos do Pepe Le Pew, que sempre envolviam uma gatinha preta que era marcada com tinta branca e depois era confundida com uma gambá eram até engraçados, mas muito repetitivos. E para mim o Pepe era meio sem graça, achei que essa idéia ficou um pouco melhor com a Fifi, que em diversas vezes perseguia o Frajuto (que também se sujava de tinta). E vou confessar: achava a Fifi uma gracinha...


Qual o problema? Que tem de mais em um texugo gostar de uma gambázinha? Empatamos de novo a disputa.


Melissa Duck x Leiloca

Assim como a Lilica, a Leiloca não tinha uma contra-parte definida no universo Looney Tunes. Mas muitos consideram que ela seria baseada na Melissa Duck, uma pata que aparecia naquele episódio que o Patolino imitava o Zorro. Na disputa entre uma personagem de um episódio e uma patinha cheia de poderes místicos e que levitava que nem o Dhalsim, acho melhor declarar empate...


Wilie Coiote x Coiote Coió

Sem comentários... O Coiote é imbatível! Ninguém soletra "frustração" tão bem como ele. Por sua vez, o Coiote Coió é simplesmente uma versão de fraldas dele... É questão de honra, o Coiote é o meu favorito, sempre se dando mal ao perseguir o Papa-Léguas.


Papa-Léguas x Bipezinho

Como acontece com o Coiote, o Bipezinho é uma versão diminuta do Papa-Léguas... Prefiro nesses casos o original, os desenhos do Papá-Léguas e do Coiote eram meus favoritos.


Do-do x Gogo Dodo

Tá aqui outro personagem que apareceu muito pouco, mas aquele episódio do Dodo era simplesmente alucinante e hilário! Todos aqueles personagens malucos, como a banda de elásticos (Rubber Band, se você não entendeu vá estudar um pouco de inglês), o logotipo da Warner voando e a dancinha dos Do-Dos no final era de se mijar nas calças. Ganha fácil do seu filho Gogo. Isso mesmo, segundo consta esse era o único personagem dos Tiny Toons que tinha algum vínculo familiar com um dos originais. Looney Tunes deram uma disparada, 9 x 6.

Não resisti... Vai aí a dancinha dos Do-Dos...



Beaky Buzzard x Condorinho

Esses são os parentes do Zeca Urubu, que apareciam em algumas poucas histórias. Os dois são bem parecidos, sempre bobões e desajeitados. Embora o Condorinho é engraçado com o seu penteado do Moe, diria que meu voto vai para Beaky, só por causa daquele episódio no qual ele é criado pelo casal de pardais e só faz merda... Lembra quando o pai ia ensinar ele a voar, e ele fica todo assustado?


Piu-Piu x Sweetie

Essa aqui também é barbada... Embora eu não fosse muito com a cara do Piu-Piu, e sempre torcia para ele ser comido pelo Frajola, a Sweetie é bem exagerada, com uma personalidade homicida, perdendo aquele ar de ingenuidade e pureza do clássico passarinho amarelo...


Ah, e não teria como o Piu-Piu perder, pois ele protagonizou um dos episódios mais hilários, no qual ele vira um montro, esse era um clássico! 11 x 6 para os Looney Tunes...


Frangolino x Fanhinho

Outra decisão fácil... Entre o Fanhinho, o galinho dos Tiny Toons que fala um monte de palavrão e outros barulhos (que acho que só apareceu em um episódio), e o Frangolino, sempre malandrão e boa-vida, enchendo aquele cachorro de porrada, se esquivando daquela galinha velha e pelancuda e ainda ensinando aquele pintinho nerd, sem dúvida o Frangolino ganha essa.


Muito hilários aquelas vezes que ele pegava o cachorro, sem mais nem menos, e enchia ele de porrada com um pedaço de madeira...


... e também o pintinho nerd, chamaod Egghead Jr., clássico aquele episódio onde o Frangolino tenta ensinar o garoto a se divertir, e ele fazia aquele avião de papel com metralhadora e tudo mais.


Sniffles x Atchum

Bom, depois de algum tempo vamos ter um dos Tiny Toons ganhando. O Sniffles não deve ser conhecido por muitos, mas era um ratinho manhoso, chorão e enjoado, não suportava ele! Muito melhor é o Atchum, essa dele dar um espirro absurdo a ponto de derrubar prédios e fazer uma mega zoeria é demais. Placar de momento, 12 x 7 para os Looney Tunes.


Marco Antônio x Barky Marky

Juntamente com os desenhos do Frajola e do Coiote, uns que eu me mijava de rir eram aqueles com o buldogue Marco Antônio. Só pelo nome dele já é engraçado! Eram aqueles episódios onde normalmente tinha aquele gatinho pequenininho e aquele gato amarelo, que sempre levava porrada do Marco Antônio. E o Barky Marky era apenas uma cópia barata, mais um ponto para os Looney Tunes.


Era de se mijar de rir aquele onde ele pensava que o gatinho tinha caído na massa de biscoito, e a dona ainda faz um biscoitinho no formato de gato!


Marvin the Martian x Marcia the Martian

Também não tem comparação, Marcia pode ser engraçadinha e tudo mais, mas o seu mentor Marvin é muito mais engraçado. E, pela madrugada, ele tinha uma vassoura no capacete, qualquer criatura que tenha uma vassoura no capacete não pode perder!

E com isso, chegamos ao placar final... E foi de goleada, 14 x 7 para os Looney Tunes!

Não desmerecendo os Tiny Toons, certamente eles são bem engraçados e trouxeram personagens e episódios memoráveis, mas mais uma vez fica comprovado que o original é sempre o melhor...

7 comentários:

Anônimo disse...

eu até concordo que os looney tunes são engraçados, mas não teria muito sentido se os tiny toons fossem mais engraçados até por que eles aprendem com os looney tunes assim como mostra no desenho.

Anderson "ANDF" Ferreira disse...

Também gosto da Lilica e da Fifi. Elas têm personalidade, além de serem muito fofas. =^_^=

Outros episódios divertidos do Baby Plucky são... o do mini-golfe e o do elevador de shopping.

Anderson "ANDF" Ferreira disse...

Outra coisa... mesmo "sensualizada", prefiro mais a Lola Bunny com base no filme (que também acho fofa!), do que a do Show dos Looney Tunes... que é uma patricinha bipolar, neurótica e chorona. Esta recente, perde pra patinha Tina Russo (simpatizei com ela), que aparece no mesmo desenho e que vive aturando as burradas do Patolino.

cauã santos disse...

faltou o arnoldão

cauã santos disse...

e a maria melodia

Texugo disse...

Sim Cauã, tem esses personagens, Maria Melodia acho que era aquela menina que aparecia de vez em quando, né? Não me lembro qual seria a contra-parte dela nos Looney Tunes. Quanto ao Arnoldão, aí fica claro que ele tem a influência do Governator

The Chosen One disse...

Otimas comparações, Texugo. Continue assim