segunda-feira, 13 de maio de 2013

Marias Chuteiras

Programas de celebridades são a pior coisa que inventaram desde o Faustão e Gugu, realmente é coisa de retorcer o estômago e me dar vontade de vomitar minhas tripas. Eu sou uma pessoa que estou pouco me fudendo sobre a festinha de aniversário de certa atriz da Globo, quem que o cantor sertanejo do momento está comendo ou o mico que uma celebridade qualquer pagou ao descer do carro. Sinceramente, o tipo de pessoa que fica aí assistindo TV Fama e lendo Caras deve ter algum problema sério de inteligência e bom senso.

Acontece que por mais que eu tente evitar esses programas, tem horas que infelizmente fica difícil evitar. Como, por exemplo, quando você vai em um consultório médico. Sempre a televisão está ligada em atrocidades como Ana Maria Braga, Vale a Pena Ver de Novo, TV Fama e outras nojeiras da TV aberta. O pior é que hoje é tão barato e mais fácil arrumar uma TV a cabo, mas mesmo assim o povão curte assistir essas baboseiras. 

Em todo caso, durante a minha última ida o médico nesses dias eu fui mais uma vez forçado a ficar em um lugar onde a televisão estava ligada em algum programa de fofocas, que era assistido com fervor for uma série de senhoras e pela recepcionista. Sim, foda como esses médicos que eu vou sempre tem gente velha. Por mais que eu tentasse me distrair com a música de meu MP3 Player, teve uma hora que me chamou a atenção quando apareceu alguns lances do Real Madrid, que achei que o programa de fofocas tinha acabado e havia começado algum programa esportivo. Sério, na atual situação eu aturaria até mesmo ver um programa com Milton Neves, Galvão Bueno e Garotinho juntos, em vez de programecos de fofoca das celebridades. 

Mas infelizmente tratava-se mesmo de outras fofocas do mundo dos VIPs, no caso envolvendo o jogador Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, em que ele supostamente havia flertado com uma brasileira, para a fúria de sua namorada, a modelo russa Irina Shayk. A notícia foi publicada pelo tablóide inglês The Sun (que deve ser o equivalente de lá ao nosso Meia Hora), curiosamente logo antes do jogo onde o Real sofreu uma lavada homérica. Segundo relatos do jornal, a russa devia ter ficado bem puta com as gracinhas do português...


A brasileira destruidora de lares em questão é a tal de Andressa Urach, cuja maior contribuição para a sociedade foi ter sido a segunda colocada em um concurso que escolhe a melhor bunda... 


Não querendo ir para o lado das fofocas, mas apenas para concluir o que parece que está acontecendo hoje é que o jogador galego fez as pazes com sua namorada e vai processar a brasileira bunduda. Esta que por sua vez ganhou os seus quinze minutos de fama, aparece em todos os programinhas de fofocas, no site do Ego e graças a isso vai acabar fechando contrato com a Playboy...

 

Tá bom, ela já havia posado pra Sexy... Mas você entendeu o que eu quis dizer.

Só pra fechar esse assunto, faço dois comentários adicionais. Tudo bem que a tal da Andressa tem uma bunda de respeito, além de um par de armas de destruição em massa que não fica muito atrás. Mas eu pessoalmente acho a Irina Shayk muito, mas muito mais gata. Não tem jeito, eu tenho uma queda por mulheres russas, ucranianas e do restante do Leste Europeu.

 

Mesmo sem apelar pela questão física, se você comparar as duas, usando essa imagem que veio do tablóide inglês (estou com preguiça de traduzir) onde Andressa Urach é referida como uma parte do corpo, dá pra ver qual que é a mulher de respeito e qual que é a vagaba putona.


Sim, você vê que enquanto a russa na infância estudava piano a brasileira pintou o cabelo de rosa e fez um piercing em casa. Em casa, Irina foi solidária ao ajudar na reconstrução de um hospital para crianças, enquanto Andressa teve seu primeiro filho antes dos 18. E como destaque da carreira, a bela modelo russa participou de um videoclipe de um rapper americano. Tudo bem, isso não é tanto destaque assim, mas bem melhor do que ter como grande marco de sua carreira ter sido expulsa do carnaval paulista por estar de topless.

Sério, para uma mulher ter sido expulsa do carnaval por estar com os peitos de fora é como um padre ser banido por rezar uma missa! Imagina o que ela deve ter aprontado ali...

E independente de qual delas você prefira, até parece que Cristiano Ronaldo curte isso! Baita duma bichona esse portuga, gosta mesmo é de levar umas boladas nas costas...


Enfim, mas no final das contas eu só puxei essa história para falar a respeito de uma questão curiosa, na qual eu comecei a pensar após ver essas notícias envolvendo o craque do Real Madrid. Trata-se da total sem noção e interesse descarado de certas mulheres em tentar fisgar jogadores de futebol, as comumente conhecidas como Marias Chuteiras. 

É impressionante como que as mulheres são, apesar de sempre falarem que levam à sério os relacionamentos e que são muito mais decentes do que os homens quando o assunto é namoro. Só me leva a ter cada vez mais a certeza de que as mulheres no final das contas são atraídas pelo dinheiro e poder, coisas que elas podem conseguir fisgando um jogador de futebol. Beleza? Sim, as mulheres valorizam isso também, mas acho que nem tanto quanto chegar na balada num carro importado e trajando um vestido de grife. Personalidade, carinho, respeito? Fala sério, as mulheres dizem que gostam disso, mas só se vier acompanhado dos demais quesitos.

Essa postura é tão evidente, tão escrachada, que realmente já ganhou o seu título próprio de Maria Chuteira. Em níveis mais mundanos, é como a já conhecida Maria Gasolina: a mulher que gosta do cara que tem carro. Lógico, não um carro qualquer, de preferência um importado. Me recorda de uma piadinha que fiz aqui há algum tempo, uma forma de deixar uma mulher na dúvida.


Sério, me lembro até dos tempos de faculdade, quando certa vez acabei escutando a conversa de algumas garotas no corredor, onde uma delas disse "ah, eu ia terminar com ele, mas agora ele comprou um Audi... Aí não posso terminar com ele agora, né?". Sinceramente, dá uma tristeza, e uma revolta perceber isso. Principalmente pelo fato de que eu sou um texugo não-motorizado que anda de transporte público...

Foda... Começo a perceber que sou mesmo uma conjunção de tudo que as mulheres não querem: feio, sem muito dinheiro e sem carro. Estou fudido...


Bom, melhor deixar para me desesperar outra hora, pois o assunto aqui hoje é sobre as Marias Chuteiras. Muitas pessoas acham meio preconceituoso e ofensivo rotular as namoradas e esposas de jogadores de futebol dessa forma: a própria Andressa Urach acima está puta (com trocadilho, por favor) em estar sendo chamada assim depois do episódio com o CR7.

Realmente, acho que o termo tem uma conotação bem pejorativa, pelo menos aqui no Brasil. Lá fora existem termos semelhantes, mas que são destinados a chamar as mulheres de jogadores de futebol, não necessariamente assumindo nada de negativo, não necessariamente dizendo que elas não passam de vagabundas loucas pela fama. De fato, existem várias companheiras de jogadores de futebol que são bem atraentes, algumas delas que já tinham sua relativa fama antes mesmo de se relacionar com o atleta. É o caso da Victoria Beckham, que antes mesmo de se casar com o jogador inglês David Beckham já era conhecida como uma das Spice Girls.


Não sei se isso seria motivo de orgulho... Continuando...

Afinal de contas, eu sempre enxerguei que no mundo da fama os famosos se relacionam entre si. É só você ver como é muito raro, por exemplo, uma atriz famosa de Hollywood se envolver com um cara comum. Certamente ela vai acabar ficando com um ator, e vice-versa. Fico até imaginando como seria uma situação, onde o cara fosse namorado de uma garota, e de repente ela se torna famosa por algum filme ou série que fez. Deve dar aquela sensação de "estou com os dias contados", de ter quase a certeza de que muito em breve levará um pé na bunda e será trocado por um galã do cinema, geralmente um com quem ela contracenou, fazendo o par romântico no filme. Deve ser algo frustrante, imagina por exemplo como deve se sentir o ex-namorado da Kristen Stewart, ao se dar conta disso:


Na boa, o cara ver que foi trocado por um vampicha deve ser uma das coisas mais broxantes... Se bem que do jeito que ela é sem sal, talvez até saia no lucro. Não foi um bom exemplo.

Enfim, e essa tendência acaba indo para o mundo do esporte também. É bem comum você ver casos de atletas que acabam namorando, temos exemplos disso em certas modalidades como vôlei e basquete. Por exemplo, tem aquela jogadora Sheila, ela é casada com um jogador da seleção masculina de vôlei. Mas, no futebol, isso já seria um pouco mais complicado, uma vez que em primeiro lugar futebol ainda é um esporte muito mais masculino, imagino que para cada jogadora mulher devem ter uns oitocentos jogadores homens, o que dificulta e muito as chances de que um jogador fique com uma jogadora. Soma-se a isso o fato de que, com todo o respeito, a maioria das jogadoras de futebol não são tão atraentes assim, logicamente com suas exceções.

Aí então, como que os jogadores de futebol fazem? Recorrem muitas vezes às modelos. Se você for ver, a grande maioria dos jogadores de futebol acaba se relacionando com modelos famosas. A Irina Shayk do Cristiano Ronaldo é um exemplo, outra que podemos citar é a tal de Alena Seredova, modelo tcheca casada com o goleiro italiano Buffon, outra representante da exótica e incrível beleza do Leste Europeu.



Deve ser pelo fato de que, da mesma forma que ocorre nos gramados, nas passarelas há muito mais mulheres do que homens, talvez para cada homem modelo devem ter umas oitocentas modelos mulheres. Somando-se a isso o fato de que, novamente com todo o respeito, a maioria dos modelos homens prefere mais segurar no quiabo ou dar marcha-ré no quibe. Talvez com suas exceções, porém bem mais raras do que jogadora de futebol bonita...

Bom, só que até o momento estamos falando muito de exemplos de fora do Brasil. Estamos falando de mulheres muito mais bonitas e também que têm personalidades decentes, e bons jogadores de futebol que são destaques de fortes seleções. E, segundo muitas mulheres, jogadores que são boas-pintas, não é novidade que a mulherada se derrete pelo Cristiano Ronaldo e pelo David Beckham, imagina a quantidade de garotas que paravam o que estavam fazendo para assistir os dois jogando juntos pelo Real Madrid, ficando de calcinhas molhadas só de olhar para as pernas deles...


Você não Buffon! Me lembro certa vez que uma prima viu sua foto no álbum de figurinhas da Copa que eu estava fazendo, e ela achou que você parece um vampiro com meningite que borrou as calças.

Mas quando se trata de uma realidade de Brasil, a turma aqui esculacha totalmente. Muitas mulheres desconhecidas, que não são nada da vida, procuram sempre arrumar alguma forma de fisgar um jogador de futebol. Tudo pensando na grana, pois jogador de futebol bom tem contra-cheque milionário. Vira mesmo uma profissão, mulheres que vão nas baladas de noite atrás de jogadores, fazendo de tudo para conquistá-los para se aproveitar deles. Elas vão mesmo com essa intenção, indo sempre em lugares que são tipicamente frequentados por jogadores de futebol, indo desde baladas até bailes funk nas favelas.


Isso ocorre porque normalmente o jogador de futebol no Brasil tem origem humilde, vem das favelas e bairros pobres das grandes cidades. E quando estes se tornam conhecidos e famosos, a fama e a fortuna sobem às suas cabeças. É fato, esses jogadores não tem uma preparação psicológica para se portarem bem de posse de todo esse dinheiro, muitos deles deveriam ter acompanhamento para não fazer besteira. É uma consequência do cara ganhar a vida fazendo algo que é quase como uma brincadeira, que é jogar futebol. E de fato, acaba quase sendo: jogar futebol é ainda visto como lazer, e o cara fica deslumbrado ao ganhar a vida fazendo algo que teoricamente é moleza.

Essa falta de preparo psicológico, juntamente com a fama e fortuna que chegam de forma meteórica, tornam os jogadores de futebol extremamente superficiais e materialistas. Tudo para eles é fácil. Enquanto um trabalhador precisa dar duro para pagar as prestações de um carrinho popular, um craque de futebol pode comprar à vista um Mercedão. Você nunca verá um jogador famoso chegando no treino em um Fiat Uno. Gastam fortunas com mansões, carros e tudo o que mais quiserem.

Se esquecem que a carreira de jogador de futebol é arriscada e curta, podendo ser ainda mais curta se ele se machucar seriamente. Está cheio de exemplos de jogadores aí que estão passando necessidade na velhice, muitos que não se prepararam para o futuro. Mas mesmo assim a maioria prefere gastar e esbanjar a fortuna que tem em vez de pensar no amanhã. Mais uma vez, consequência de falta de preparo psicológico, como o moleque que acha cem reais na rua e acha que ficou milionário...

E justamente esses rios de grana e fama, aliados a uma ingenuidade boba que vem de sua formação, é que atrai as Marias Chuteiras. É como tirar doce de criança.


Afinal de contas, homem gosta de mulher. Se o cara está lá na night, e aparece uma garota linda dando mole pra ele, rebolando sua bunda bem debaixo de seu nariz, você acha que o cara resiste? Ainda mais sendo um jogador de futebol que está acostumado a ter tudo que quiser. Novamente, rola aí a falta de preparo emocional, a falta de malícia de não perceber que a vagaba está só querendo ganhar a vida às suas custas, de que se ele fosse um qualquer um passaria despercebido.

É de lei, a Maria Chuteira é uma mulher louca para aparecer. Vai querer namorar o jogador, para assim aparecer nas páginas da Caras e ficar famosa, literalmente usando o jogador como trampolim para seu estrelato próprio. Logicamente, vai aproveitar o período de namoro para ganhar o máximo: presentes, viagens, jóias, dinheiro... Algumas mais espertas vão até tentar engravidar do jogador, já é uma boa chance de arrumar uma pensão. No mínimo, a Maria Chuteira vai aparecer nas notícias como a mulher que deu em cima do fulano, o que já renderá entrevistas, convite para posar pelada ou para participar de um reality show. 

Sim, essas mulheres só pensam em se envolver com os jogadores de futebol para sugar o máximo deles. É quase profissão mesmo, assumida abertamente por muitas. Veja nesse site, por exemplo, onde uma Maria Chuteira, que já ficou com o Ronaldinho Gaúcho e o Adriano, admite que seu próximo "alvo" é o atacante corintiano Alexandre Pato. Sim, ela fala abertamente que tem esse objetivo, de fisgar o jogador de futebol.


Detalhe que ela comenta isso sem a menor cerimônia, mesmo sabendo-se que o Alexandre Pato já tem namorada, filha do Berlusconi. Não faz idéia do que ela está se metendo, deixa o sogrão saber disso, que logo logo essa Maria Chuteira vai sumir do mapa, sendo obrigada a comer o macarrão do ex-primeiro ministro...


Pois é...

Chega a ser até um certo risco... Sabemos bem que tem jogadores barra-pesada, com contatos nos morros e favelas, e que se a Maria Chuteira for muito abusada, se ela começar a incomodar muito o jogador, pode sofrer consequências bem graves. Existem por exemplos aquelas que acabam sendo marginalizadas pela mídia, apresentadas como destruidora de lares e interesseira, o que acaba sendo até lucro, considerando que algumas delas pagaram um preço bem maior...



O mais bizarro de tudo é ver como essas Marias Chuteiras acabam descendo o nível, em termos de se sujeitar a ficar com jogadores que mais parecem um verdadeiro desastre de trem de cabeça para baixo. Na boa, é muita vontade de ganhar dinheiro e fama para se sujeitar a ser vista com uma criatura como essa.


Grande Amaral, exemplo máximo de "beleza" futebolística. Mas apesar de toda essa feiúra horrível, ele conseguiu pegar aquela japonesa gatinha, você lembra?


Isso é uma das coisas que me revolta, e que comprova que no final das contas a mulherada valoriza muito mais a grana na carteira e o poder do que um rostinho bonito. Tem cada jogador de futebol mais feio que a bunda de um babuíno, mas mesmo assim tem um monte de Maria Chuteira que fica dando mole por eles. E o pior de tudo, dizendo ainda que os caras são lindos...

Por exemplo, pegue o Ronaldinho Gaúcho, que parece um Predador que levou uma surra com uma pá.


Olha o naipe da mulher que ele pegava na Itália, quando ele jogava pelo Milan! Se chama Sara Tommasi a beldade, dona também de um excelente par de armas de destruição em massa...



E que parece que deve ser cega, pra namorar uma criatura como o Ronaldinho Gaúcho. E depois ficar com o negão Balotelli, da seleção italiana...


Foda, meu amigo... Esse mundo tá perdido... Como dizem, tem mau gosto pra tudo nessa merda.

Outro exemplo, agora apelando para nossos hermanos. Você se lembra do Tevez, aquela aberração argentina que mais parecia um Frankenstein com lepra.


Se ele não fosse jogador de futebol, impossível dele arrumar uma garota como Natalia Fassi abaixo. Duvido que essa mulher iria sequer chegar perto dele, se ele não tivesse rios de dinheiro na carteira. Tem um corpaço, mas tem toda a cara de Maria Chuteira mesmo...



Para fechar, quem pior que o Neymar? Mais feio que uma berinjela podre que foi pisada por um sapato sujo, pode ser um craque, mas é feio de dar pena, coisa mais feia que se vê nos gramados hoje em dia.


Bom, mesmo sendo esse cúmulo de feiúra, olha só o nível das namoradinhas com os quais o atacante santista já jogou uma pelada... Uma delas que ainda ganhou na loteria e conseguiu um filho com ele, essa já está com a vida ganha.

 
 

Fico me perguntando o que leva uma garota bonita dar mole prum pleura desse... Beleza interior? Só se for do interior da carteira...

E todos eles caem direitinho na conversa dessas Marias Chuteiras. Não se dão conta que uma menina sensual e linda nunca daria bola pra eles, caso eles não fossem ricos e famosos. Quero ver se depois de algum tempo, quando passar o momento do craque, quando ele foi defender um time da terceira divisão do Sergipe e não ter mais a vida glamourosa e cheia de vantagens, se essas mulheres iriam continuar com eles por amor...

Isso vale não só pra jogador de futebol, mas em qualquer profissão ou situação. Como a Maria Gasolina, que curte o cara que tem um carrão, e é só ele perder o carro ou aparecer outro sujeito com um carro mais maneiro, que o sujeito dança... E depois as mulheres dizem que os homens é que são interesseiros.

Eu sei que nem todas as mulheres são assim, e mesmo no mundo do futebol devem ter muitas que são fiéis aos seus maridos, que gostam deles de verdade. Mas vejo que uma grande maioria delas tem mesmo esse interesse em se aproveitar de jogadores ingênuos e cegos pela fama e fortuna repentina. Sei que as mulheres muitas vezes buscam um provedor, um cara que tenha condições de criar e manter uma família, mas o que as Marias Chuteiras querem mesmo é sugar o máximo possível desses caras, verdadeiras sanguessugas que depois de passado o momento pulam para o próximo, depois que o jogador com quem ela está não é mais tão famoso ou rico, não demoram para dar um pé na bunda deles e procurar o próximo alvo. E, como disse, muitos desses jogadores não tem um mínimo preparo emocional, e acabam caindo na conversa delas.

Infelizmente é a realidade... Enquanto houver jogador de futebol sendo endeusado, recebendo fortunas absurdas e sendo famosos, vai continuar existindo as Marias Chuteiras, loucas para tirar uma casquinha

Nenhum comentário: